Entrada > Notícias > Decrescimento, consumo e agência

Decrescimento, consumo e agência

ESE

Quando

15 > 15.04.2021 · 00:30 > 00:30

Onde

online - ZOOM

Adicionar evento ao calendário

Aula aberta esta 6a feira, dia 16 de Abril, com início às 18h - UC de Intervenção Comunitária da Licenciatura em Gestão do Património e UC de Currículo e Inclusão do Mestrado em Administração de Organizações Educativas.


Tem-se tornado cada vez mais evidente dentro da academia e fora dela, que para se conseguir resolver as múltiplas crises que vivemos (climática, ecológica, desigualdade e injustiça), será necessário desconstruir o paradigma que associa crescimento económico infinito a noções de progresso e melhoria de qualidade de vida.

O conceito de decrescimento que tem vindo a ganhar popularidade, debruça-se sobre o que há de errado com a obsessão por crescimento económico, mas também explora o que é necessário para uma transformação de sociedade que tenha no seu cerne o cuidado pelas outras pessoas e povos, e pelos ecosistemas, em vez do objetivo de aumentar continuamente o que é produzido e consumido.  No entanto, o que é necessário para mudar este paradigma?
Na minha investigação abordei esta questão focando-me no tema do consumo. Tentei perceber:
1. O que influencia o consumo? (de forma multi-disciplinar)
2. Como alterar sistemas de produção e consumo? (ex. circuitos curtos agro-alimentares)
3. Como reduzir o consumo e criar práticas decrescentistas?

Nesta apresentação debruçar-me-ei sobre a primeira questão, mostrando como uma perspetiva multi-disciplinar é essencial para captar temas multifacetados e societais como o consumo. Irei explorar também o papel de variados atores na manutenção ou desconstrução dos paradigmas económico-culturais existentes."


Cá vos esperamos: 

Autor

gestorese@gestor.pt

Partilhar