Entrada > Notícias > Um de Nós | António Rocha

Um de Nós | António Rocha

ESE

Estudante do 2.º ano de Ciências do Desporto na ESE, escola de Educação do Politécnico do Porto, António Rocha é vice-presidente da Associação de Estudantes


Para além do associativismo, António integra a equipa de basquetebol do Politécnico do Porto e é membro do ESEPUS TUNAE, a tuna masculina da Escola Escola Superior de Educação.


PORQUE ESCOLHESTE A ESE?
Principalmente por causa do curso em si (Ciências do Desporto), pois é a área que sempre quis seguir. Também senti nesta escola, desde o dia em que realizei a matricula, uma enorme onda de energia positiva vinda de todos os docentes, funcionários, estudantes, assim como a diversidade de pessoas e interesses já que esta escola tem uma grande diversidade de cursos.

 

QUAIS AS ATIVIDADES A QUE TE DEDICAS ALÉM DOS ESTUDOS?
Gosto muito de Associativismo. Neste momento sou vice-presidente da Associação de Estudantes, participo na Tuna e na Equipa de basquetebol do P. PORTO.

 

COMO RECORDAS OS PRIMEIROS DIAS NA ESCOLA?
Muita coisa, mas destaco sobretudo a Praxe como um momento marcante.

 

UMA IDEIA OU CONSELHO PARA QUEM VAI AGORA CHEGAR À TUA ESCOLA
Aconselho a integrar em algum grupo académico, associação, equipa desportiva. É importante ser parte da escola, fazer parte da escola, participar, propor, contrapor, ajudar e lutar por uma escola à ideia dos estudantes e para os estudantes.

 

PARA TI, QUAL O LUGAR MAIS ESPECIAL DESTA ESCOLA?
A Rua da Tuna e, claro, a Associação de estudantes.

 

CONTA-NOS UM EPISÓDIO MARCANTE?
Penso que para quem vive a vida académica de uma forma tão intensa como eu, é impossível de definir um episódio marcante. A Tuna, a Associação de Estudantes, a praxe, o desporto, tudo isto em que eu me envolvi conta um pedaço de história minha e é uma marca minha na escola, e por vezes, estes episódios marcantes de que se fala, mesmo sendo eu a personagem principal desse episódio, pode ser mais marcantes para outros do que para mim mesmo. Às vezes uma ação que eu considero banal, para quem está ao meu lado pode significar imenso.

 

O QUE TORNA A TUA ESCOLA ÚNICA? 
O facto de cada vez que cruzas um corredor encontras uma cara conhecida.

 

COMO TE VÊS DAQUI A 20 ANOS?
Uma pessoa com o percurso académico mais preenchido possível, uma pessoa rica em cultura, com voz na sociedade, opinião pertinente e relevante.

 

 


A rubrica  
Um de Nós representa um espaço de partilha de experiências, ideias, histórias, e projetos, com uma breve entrevista a estudantes, docentes e não-docentes. É nossa convicção que cada Escola guarda — nos seus bastidores, salas, corredores e gabinetes — muitos rostos e talentos.  Queremos ser a voz de cada um de nós porque as grandes histórias por vezes estão mais próximas do que imaginamos


Autor

gestorese@gestor.pt

Partilhar