Entrada > Notícias > Um de Nós | Fernanda Pinto

Um de Nós | Fernanda Pinto

Com formação em Línguas e Literaturas Europeias Fernanda Pinto trabalha na ESE, escola de Educação do Politécnico do Porto, desde 2002


QUANDO COMEÇOU A TUA LIGAÇÃO À ESCOLA?

A minha ligação à Escola começou em abril de 2002.


COMO RECORDAS OS PRIMEIROS TEMPOS?

Já foi há algum tempo, recordo-me que a integração foi fácil porque havia muita proximidade entre os funcionários e éramos poucos. Recordo-me também das inúmeras pessoas que foram passando pela ESE.


O QUE TORNA O TEU TRABALHO ESPECIAL?

A possibilidade de trabalhar com vários públicos, o trabalho em equipa mas também a autonomia, os programas de intercâmbio, tal como o ERASMUS +, que possibilitam novas experiências, fundamentais para o desenvolvimento pessoal e profissional.


O QUE TORNA ESTA ESCOLA ÚNICA?

O ambiente que se vive na Escola, onde se consegue uma boa interação entre funcionários docentes, não docentes e alunos. A qualidade do Ensino e o fato de ser uma Escola de Educação com bastantes atividades, nomeadamente ligadas à arte, música e desporto.


O QUE MAIS MUDOU NESTES ANOS?

Tem havido uma maior reflexão sobre o ensino, com uma aposta na formação dos professores, na Investigação, com o objetivo de melhorar constantemente, dado que as exigências de qualidade são cada vez maiores e a oferta também.


CONTA UM EPISÓDIO MARCANTE

Destes anos na Escola, e já são alguns, há muitos momentos que se destacam. As várias pessoas que passaram na Instituição e que já não estão na ESE por diversos motivos, alguns menos bons. Por esta razão prefiro mencionar um momento marcante a nível profissional porque também o é pessoal, a minha progressão para a carreira de Técnico Superior.


UMA IDEIA PARA O FUTURO

A aposta na inovação, nas tecnologias e no estabelecimento de novas parcerias e intercâmbios.


 



A rubrica  
Um de Nós representa um espaço de partilha de experiências, ideias, histórias, e projetos, com uma breve entrevista a estudantes, docentes e não-docentes. É nossa convicção que cada Escola guarda — nos seus bastidores, salas, corredores e gabinetes — muitos rostos e talentos.  Queremos ser a voz de cada um de nós porque as grandes histórias por vezes estão mais próximas do que imaginamos

Autor

gestorese@gestor.pt

Partilhar